Minha rotina no atelier é assim: de manhã estou sempre na fábrica… quer dizer, quase sempre, porque muitas vezes preciso abrir horários na agenda para atendimentos antes do almoço.

Eu almoço às 13 horas… quer dizer, quase sempre, porque já aconteceu de eu ter 30 minutos de almoço entre 11 horas e meio dia…

À tarde atendo clientes… quer dizer, quase sempre, porque como a fábrica fica no mesmo prédio que o atelier, vira e mexe estou lá em cima com a equipe entre uma cliente e outra…

À noite atendo clientes que trabalham o dia inteiro… ah, isso acontece sempre.

Minha rotina é assim: quase sem rotina! Olha que delícia! Cada dia uma novidade, uma pessoa nova, uma dúvida que se torna em aprendizado num vestido que minha cabeça inventou e eu descobri como se faz…

Mas uma coisa é certa: estou presente em 100% das provas. Porque minhas noivas merecem esse cuidado!

Uma bainha meticulosamente marcada faz toda a diferença.

Nem que para isso eu vá parar lá em baixo, ao lado dela!

Mas quem melhor do que eu, que inventei tudo isso, para cuidar do processo?

Minha equipe nota 1000 está sempre ao meu lado, e eu atenta a todos os detalhes! Rotina apertada…

Porque para eu chegar à bainha, muita coisa já passou pelas minhas mãos… criação, medidas especiais tiradas, estudo da anatomia humana sobre cada cliente, modelagem com conferência de modelo, proporções matemáticas, teste no manequim para ajuste de moulage, preparação da primeira prova, primeira prova feita, preparação da segunda prova, segunda prova feita, preparação da terceira prova com detalhamento do bouquet, escolha da tiara e véu… essa aí é Renata Soares na quarta e última prova.

Nessa prova final faço testes de fecho, de bainha, ensino a entrar no carro, carregar o bouquet… muitos detalhes!

E sempre tem um pequeno detalhe a ser completado, a ser melhorado. O resultado precisa ser perfeito!

Quem vê minhas mãos assim de frente não a imagina toda furadinha de alfinetes… eles são finíssimos para não marcar o tecido… mas às vezes marcam meus dedos!

É isso aí. Vale sempre à pena…

… ver esse sorriso e entender que furei os dedos, mas costurei um sonho.

Make up Marcus Martinelli, complementos Avivar, fotos Pedro Zorzall.

2 comentários

  • Renata Soares disse:

    Dani,

    Achei o máximo a forma que você envolveu as minhas fotos e a sua rotina. O Pedro Zorzall e a Noemi amaram também. Como eu gostaria de voltar para a 1ª prova e começar tudo de novo… Cada dia que passa fico mais orgulhosa de vc. Bjão! Rê

  • Danielle Benício disse:

    Querida… eu também! Ainda bem que curtimos tudo e não precisamos voltar no tempo para melhorar nada!
    Vc ficou perfeitamente linda!
    Beijos,
    Dani Benício

Deixe seu comentário!