fot_0200

Para mim, a palavra criação significa dar vida ao meu pensamento. Vivo pensando em vestidos… e tentando desvendar o subconsciente das mulheres que me procuram. De lá sempre saem idéias lindas…

Muitas vezes, me apoio em referências importantes: estilistas internacionais, alguns brasileiros também fantásticos ilustram minha pasta de idéias, que a cada dia ganha fotos tiradas de revistas importadas, pesquisas na internet, jornal, e-mail de cliente… enfim, dali eu consigo me posicionar e explicar para cada uma delas o que é um godê simples, um fio reto, uma tonalidade…

Mas sempre deixo claro que a cópia não faz parte do meu quotidiano, que uma referência é bem vinda para definição de estilo, e que se eu me atrever a “copiar” alguém, definitivamente não ficará igual, porque ARTE NÃO SE COPIA! Eu lá sei o que se passou na cabeça de Elie Saab ou Oscar de La Renta no momento da criação? Deixa que eu interpreto e construo a minha arte!

fot_0211

Existem casos em que tais referências são totalmente dispensáveis… parece que meu anjinho da guarda sopra no meu ouvido o que percebeu daquela sonhadora ali na minha frente. E aí pronto, eu coloco no papel e surpreendentemente era mesmo o que ela esperava!

Bom, o que quero dizer com tudo isso, é que a cópia para mim não tem nenhum valor. Não vendo um tecido costurado, vendo design, idéias, pesquisas, viagens… e uma pitada de segurança, outra de paixão e comprometimento.

Esse blog serve para eu mostrar meu trabalho em detalhes. Guardadas as devidas proporções porque ainda tenho um longo caminho de aprendizado pela frente, fico surpresa ao saber que pessoas se oferecem a executar um vestido que coloco aqui com o mesmo resultado, por um preço inferior. Isso me causa tristeza, porque com sonho não se brinca!

Eu que gasto de 15 a 20 metros de um tecido nobre de seda pura, mais alguns montes de neurônios e dedos para montar uma obra… não posso aceitar que alguém prometa resultado idêntico pela metade do preço: isso é humanamente IMPOSSÍVEL, pois a garantia do meu sucesso se deve realmente a essa escolha minuciosa de matéria prima. Além disso, não se trata de uma fórmula matemática que eu pudesse explicar para alguém e pronto: lá está o seu vestido de noiva. Ah se vocês soubessem o que se passa pelos bastidores…

fot_0212

É uma modelagem perfeita fazendo toda a diferença, a escolha certa de tecidos e aviamentos para alcançar um ou outro efeito, um corte realmente pensado e calculado, uma montagem onde eu mesma coloco e determino cada detalhe, é o processo de provas que me permite adequar a cada tipo físico, é a análise de acabamento e estrutura para afinar daqui… alongar dali… estudo e criação de bordado que envolve uma equipe e váaaaaarias horas de criação…

Essa semana recebi três pedidos de socorro. Daqueles casos urgentes que venho relatando aqui. Um deles me surpreendeu pela sinceridade de uma noivinha magoada com seu sonhado vestido de noiva. Ela sonhou “vestir um Danielle Benício”, porém, por algumas razões particulares, e com a melhor das intenções e expectativas, entregou esse sonho a outra pessoa. Sem sucesso. Faltando 2o dias para o casamento, pouco posso fazer, a não ser utilizar esse caso para fazer um alerta: quem resolver se vestir lindamente para uma ocasião especial deve entregar esse sonho nas mãos de alguém que lhe transmita segurança, mas que sobretudo tenha várias horas de vôo. Que seu desejo seja entregue para uma mente criadora, dentro do seu estilo. Eu por exemplo não sei fazer decotão, fenda e transparência… não faz meu gênero. E não me atrevo a fazer o que não combina comigo. É assim que tem que ser, ou pelo menos deveria ser… cada um com sua essência, com promessas verdadeiras e comprometimento com o sonho alheio. Mas como infelizmente o mundo não é cor de rosa…

Desculpem-me a falta de poesia, foi um post de desabafo e para falar de um assunto muito sério. E saibam que mesmo diante de alguns comentários perplexos, do porquê de eu expor meu trabalho com tantos detalhes, eu respondo que não vou privar as pessoas de compartilharem comigo de tamanho amor pelo que faço. Em absoluto tenho receio de ser copiada. Fico apenas preocupada com o que essa cópia pode causar.

fot_0222

Esse vestido em tule de seda e seda chanel pintado à mão, com patchwork de renda mariscot francesa rebordado no barrado foi feito com exclusividade para Helena Fonseca, minha amiga e arquiteta do meu atelier. Ela pode ficar sossegada. É impossível alguém desfilar por aí com vestido igual a esse… ainda que a referência internacional seja a mesma que eu tive… cada olhar é um olhar! Pode acreditar!

Make um Anavalle, Jóias Talento, foto Kika Antunes.

11 comentários

  • Isabela Duarte disse:

    Dani, vc é um docinho lindo… Impossível te copiar, pois é impossível copiar o quão doce você é nas palavras, o quão belo e sincero é o seu sorriso, o quão cheiroso é o seu atelier!
    Estive por aí em 2007 pra fazer um vestido de festa mas não foi daquela vez… Em breve vem o casamento e estarei aí, desfrutando de toda essa magia, se Deus quiser! Já estou guardando meu dimdim pra ter o prazer de vestir um Danielle Benício!
    Adoro seu jeitinho doce de ser.
    Beijo!

  • Iana Coimbra disse:

    Dani,

    Sabe o que é mais legal do seu post? O quão você não é preocupada em fazer média. Vc escreve e pronto. Simples e direta. E isso faz toda a diferença.

    Bjs.

  • Lorena Borges disse:

    Ei Dani!

    É aquilo que você me falou várias e várias vezes quando fui ai pra discutirmos sobre meu vestido: usamos as criações de outras pessoas para termos referências e para nos inspirarmos, não para fazermos cópias perfeitas, sem criatividade e sem alma, não é mesmo?

    É normal, eu acredito, uma noiva ver um vestido seu no Blog ou no site e sonhar em ter um igual, pela metade do preço. Mas acredito que o grande erro de quem sonha e de quem executa(acho que principalmete de quem executa) é justamente esse: ao invés de se inspirar, copiar! E ai nem sempre as coisas saem como queríamos que elas saíssem, não é?

    Lembro-me que quando comecei a procurar modelos de vestidos, deparei-me com um Oscar de La Renta que era um sonho de vestido e, apesar de não ter muito a ver comigo (era todo de renda, de manguinhas), sonhei com ele várias e várias noites seguidas. Mas nunca passou pela minha cabeça procurar alguém para fazer um igualzinho, porque sempre pensava “estou querendo um Oscar de La Renta e vou acabar com um ‘Oscar de La Renda’”! Era uma brincadeira, mas que tem seu fundo de verdade.

    Mais e mais lemos e ficamos sabendo de relatos absurdos desse “mercado mineiro de casamentos” e eu fico chateada ao te ver chateada por as pessoas não entenderem que suas criações são feitas para inspirarem, não para copiarem! Mas, no final dá tudo certo! Estamos nessa vida para aprender e você sabe disso, portanto o sucesso é garantido, sempre!

    Beijos grandes,

    Lorena, sua “Noiva De setembro”

    Ps: não deixe de desabafar nunca! faz bem pra alma!

  • Kat disse:

    Esse vestido é simplesmente deslumbrante!

    Fiquei muito feliz com os vestidos “Porter”, isso torna meusonhode vestir um Danielle Benício bem mais próximo da realidade! Já estou emagrecendo para entrar em um deles.

    Postei algumas fotos de vestidos seus no meu blog, agora pensando melhor eu deveria ter pedido autorização antes. Dá uma olhadinha, posso retirar se você preferir.

    http://invejadobikini.blogspot.com/search?updated-max=2009-01-07T03:19:00-08:00&max-results=7

    Mil Beijocas

  • Christine Garcia disse:

    Agora tenho certeza que vou poder levar um Danielle Benício para casa…. Ah, que lindo!
    Para mim você é mais que Vera Wang, Oscar de La Renta, e por aí… sabe por quê? Por que você está ao nosso alcance, com uma qualidade e criatividade de extremo bom gosto que cria maravilhas!!! Assim que tiver uma oportunidade que mereça um Dani estarei aí… E o meu sonho de ter o “meu” será realizado…
    Tenho um enorme carinho por você…pelo sua delicadeza e principalmente por sua sinceridade!
    Obrigada
    Sua noiva de “última hora”
    Bjo
    Chris

  • Danielle Benício disse:

    Querida Isabela… que delícia! E que bom você ter “me guardado” para a ocasião mais importante da sua vida. Vamos brilhar juntas em breve!
    Beijos,
    Dani Benício

  • Danielle Benício disse:

    Querida Iana… pois é… e eu não gosto de ninguém que faça média com nada. A gente tem que ser o que é, ter essência, alma… mesmo no mundo de hoje onde encontramos tantas pedrinhas em formato de gente… mas ainda bem que a maioria é boa… quer dizer, maravilhosa!
    Um beijo grande,
    Dani Benício

  • Danielle Benício disse:

    Querida Lorena… você é meu exemplo vivo! E saiba que já estou curtindo imaginar seu vestido pronto… e amando saber que ele é autoral, tem meu nome, minha assinatura, minha cabeça! Obrigada pelo carinho de sempre!
    beijos,
    Dani Benício

  • Danielle Benício disse:

    Querida Chris, e prometo colocar o seu Danielle Benício em uma bela caixa, com laço de fita dourado e perfume do atelier… sei que você gosta!
    Um beijo grande,
    Dani Benício

  • Querida Kat… é um prazer fazer parte da sua lista!Pode deixar as fotos no seu blog, sem problemas! Te espero aqui qualquer dia desses!
    Um beijo grande,
    Dani Benício

  • [...] das mulheres que me procuram. De lá sempre saem idéias lindas… … Veja o post completo clicando aqui. Post indexado de: [...]

Deixe seu comentário!