Existem histórias que merecem ser contadas.

 

Natália Rigueira chorou ao me ver desenhar seu vestido…

… senti aquela emoção e pensei: noivinha sonhadora…

… isso sim, mas não apenas.

Desenhei o vestido que ela desenhou quando criança!

Coisas difíceis de explicar…

… mas fáceis de entender.

Criar muitas vezes é tocar ao coração de outro alguém.

Uma troca sempre feliz porque eu também recebo de volta todo esse amor pelo que faço.

Obrigada querida noivinha.

Seu doce olhar, seu sorriso, sua fé…

… jamais me esquecerei.

Jamais me esqueço. Quer dizer… sempre me lembro.

8 comentários

Deixe seu comentário!