O cabelo é uma das partes do figurino do casamento que as noivas têm mais dúvida na hora de decidir. Preso ou solto? O que fica mais bonito? Broches, headbands ou tiaras? Para ajudar, as minhas noivas têm uma consultoria direta comigo, onde ajudo a escolher todos os detalhes, da cabeça aos pés! Inclusive o tipo de véu ou mantilha que compõe melhor e não esconde os detalhes que tanto amamos nos vestidos das noivas.

veu

Mas qual a diferença entre o véu e a mantilha? Como escolher? Porque um e não o outro?

Véu de tule italiano com fita de cetim japonesa

Véu em tule italiano com fita de cetim japonesa

Véus são feitos com tecidos leves, os meus são usualmente em um tule francês. Ele até pode ser curto, terminando na cintura – EU CONTRA INDICO SEMPRE, ou longo, que acompanha todo o corpo e termina no chão. Pode ter de 2,5m a 5m – SEMPRE ULTRAPASSANDO CAUDA.

Como acabamento, no meu atelier a noiva pode escolher entre uma fita de cetim japonesa que cobre todo o véu, ou bordados em pérolas ou cristais de forma bem discreta. Caso o vestido tenha muitos detalhes a serem observados, sugiro um véu sem acabamento, deixando para o tule francês o papel de ser completo por si só.

mantilha

Mantilha com tule italiano e renda francesa

A mantilha tem a mesma função do véu mas, como é mais pesada, se posiciona na cabeça de forma diferente, mais rente ao rosto e ao corpo. Ela também pode ser de tule com aplicações de renda bordada. Existem também as mantilhas todas de renda.

Seja um ou outro, uma noiva não é uma noiva sem um véu ou mantilha, não é?

Eu amo!

Um comentário

Deixe seu comentário!

Current day month ye@r *